A DESCIDA DO RIO LI E A CHEGADA AO ENCLAVE DE YANGSHUO

Em Guilin, cedo nos apercebemos que ao embarcarmos na descida do rio Li, fazendo de barco o célebre percurso de viagem Guilin-Yangshuo, iríamos entrar no reino do sobrenatural. A paisagem abandona as familiares formas que conhecemos. Escapa à classificação de urbana, rural ou mesmo de natural para se transformar numa entidade viva, uma identidade que respira, se move e nos fascina. A fuga instintiva do Homem moderno a tal estonteamento consiste em disparar milhares de vezes a sua máquina fotográfica, tentando em vão guardar um resquício daquilo que vê e preencher o vazio que sente ao passar por dentro de um organismo vivo, líquido, verde. Quer guardar para o futuro a prova da eternidade e confirmar-se perante uma das mais belas paisagens do mundo.

A paisagem consiste em montes de relevo cárstico de calcário cobertos de vegetação que se sucedem, um após outro até se perderem de vista. Com a aparência de gigantes, criaturas petrificadas no tempo, ficamos com a impressão de que podem acordar inesperadamente.

O barco vai descendo o sinuoso rio Li, nós e outros passageiros subimos ao terraço e sentimos o vento, entramos numa relação direta com a paisagem. Em alguns troços do percurso, a volta do barco aproxima-nos das margens do rio e das paredes escarpadas dos montes, onde descobrimos vales com cascatas, grutas, dolinas de água verde, animais selvagens e conseguimos perceber em detalhe a vegetação e o relevo dos paredões rochosos que formam pequenos esconderijos imaculados, de uma ingenuidade paradisíaca, onde, aparentemente, a pegada humana é desconhecida.

Na chegada a Yangshuo, à saída do barco, uma cortina de chuva caíu sobre nós. Um guarda-chuva era pouco e no cais comprámos três capas de plástico que descobrirmos ser uma divertida forma,como também a mais eficaz, de andar à chuva sem ficar encharcado.

A viagem de barco tem a duração de quatro horas, o barco sai de manhã de Guilin e chega pelas 14 horas a Yangshuo. É fácil organizar a viagem a partir dos hotéis, bastando a confirmação com pagamento até às 20h do dia anterior. Há dois tipos de programa disponíveis, ambos aliciantes, embora um mais aventuroso: a descida em jangada, interdito a crianças, e a descida em barco cruzeiro que foi obviamente a nossa escolha. O plano pode ser só de ida ou de ida e volta, estando, na segunda opção, incluído o autocarro de regresso ao final da tarde. Nós fomos apenas de ida. Tínhamos duas noites e três dias guardados para Yangshuo. O preço da excursão por adulto é de 40€. As crianças até 1,20 metros estão isentas, não tendo, no entanto, direito a reserva de lugar, à semelhança do que acontece nos comboios. O barco é confortável, espaçoso e o transporte até ao barco está assegurado. Servem chá e almoço a bordo, incluído no preço da excursão. Depois do embarque é deixar-nos ir. Em silêncio ou não, este percurso é uma experiência inesquecível.

Esta entrada foi publicada em China. ligação permanente.

2 respostas a A DESCIDA DO RIO LI E A CHEGADA AO ENCLAVE DE YANGSHUO

  1. Paisagens deslumbrantes em fotos excelentes, Hugo! 😉
    Ainda é muito por aqui que se pode encontrar o tradicionalismo chinês, ou não?

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s