O EXÉRCITO DE QIN SHI HUANG

IMG_4989

À noite, ao apagar a luz, conto esta pequena história ao Duarte que me pede para repetir vezes sem fim. O imperador da China, quando ficou muito velho e chegou a hora de morrer quis que o seu império se mantivesse pela eternidade e conquistasse todo o mundo. Com esta ideia em mente, mandou construir mais de mil soldados em barro para serem colocados consigo debaixo da terra quando morresse. E mais de mil soldados foram construídos, todos diferentes uns dos outros, como também os cavalos e as carruagens.

É um exército completo, em que cada soldado tem um rosto único, individual. E é este pormenor que perturba. Não estamos perante um exército de estátuas clonadas, estamos perante indivíduos, cada um com a sua expressão, a sua identidade, a sua assinatura. E é este gigantesco pormenor que faz com que os Guerreiros de Terracota estejam vivos e transcendam a sua condição de barro. Afinando a sensibilidade ouvimo-los a respirar das profundezas da história.

E o sonho do rei de conquistar o mundo foi cumprido. Dois mil anos depois, o exército levantou-se da poeira do tempo e tem o mundo aos seus pés.

É difícil dormir com esta história.

 

Esta entrada foi publicada em Uma Viagem à China. ligação permanente.

2 respostas a O EXÉRCITO DE QIN SHI HUANG

  1. luismlnog1952 diz:

    Obrigado, Hugo, por partilhares connosco a pequena mas linda historia que o Duarte pede para contares vezes sem conta. Continuação de boa viagem.

    Gostar

Deixe uma Resposta para luismlnog1952 Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s